IMG_1039O controlador-geral do Estado, Otávio Gomes, foi homenageado pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM) por meio da Ouvidoria-geral do órgão com o ‘Prêmio Promotor Parceiro da Ouvidoria’. A homenagem é feita aos Promotores de Justiça que mais contribuíram com ações que privilegiem a atuação do órgão por meio da Ouvidoria. É o reconhecimento concedido aos Promotores de Justiça do Ministério Público amazonense que desenvolvem importante papel de agente de transformação social, a partir de uma atuação célere e efetiva diante das demandas encaminhadas pela Ouvidoria-Geral. A solenidade aconteceu na quarta-feira, dia 27 de novembro, no Plenário Antônio Trindade, na sede do Ministério Público do Amazonas (MPAM).

Para o controlador-geral, Otávio Gomes, o MPAM atua com relevante representatividade social.  Ele também frisou que o reconhecimento deve ser dividido com os ex-colegas de trabalho, servidores do MPAM. “O Ministério Público do Amazonas é um órgão que tem uma representatividade social muito forte e que conta com a Ouvidoria-Geral como um órgão da administração superior. Considero como relevante a iniciativa do Ouvidor-Geral do Ministério Público, Nicolau Libório, que procurou dentro dos critérios rígidos, homenagear alguns integrantes do MPAM, considerados como parceiros da Ouvidoria. Me sinto honrado pelo reconhecimento do trabalho e expresso gratidão aos colegas membros da instituição e aos servidores públicos porque sem eles não seria possível desenvolver os trabalhos. Muito obrigado”, expressou.

Para o Ouvidor-Geral do MPAM, Procurador Nicolau Libório, é importante destacar que o Prêmio Promotor Parceiro da Ouvidoria foi inspirado no modelo existente nas Ouvidorias dos Ministérios Públicos dos Estados do Maranhão e do Piauí, com o objetivo maior de reconhecer aquele Promotor de Justiça mais célere e atuante diante das demandas recebidas.

“Busca-se, desse modo, incentivar a elevação dos indicadores de resolutividade nas providências adotadas, facilitar a troca de informação entre o órgão de execução e o cidadão noticiante, promover a aproximação entre o manifestante e os próprios membros e servidores da Promotoria de Justiça, além de fortalecer o entendimento de que a Ouvidoria é importante elo entre o Ministério Público e a sociedade. Ademais, em que pese a dinâmica da premiação escolher os mais atuantes, devo destacar que o reconhecimento maior é para com todos os Promotores de Justiça que atuam diretamente recebendo e atuando nas demandas oriundas da Ouvidoria”, ressaltou o Procurador Nicolau Libório.

Premiação

A Promotora de Justiça aposentada Izabel Christina Chrisóstomo, que até julho de 2019 atuou na 42ª Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência, foi a primeira colocada no Prêmio Parceiro da Ouvidoria de 2019. A titular da 58ª Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos à Saúde Pública (58ª PRODHSP), Silvana Nobre, ficou em segundo lugar e a Promotora Renata Cintrão, da 55ª Promotoria de Justiça dos Direitos Humanos à Educação (55ª Prodhed), em terceiro.

“Parabenizo a todos pelo efetivo serviço ao público prestado pelos senhores e senhoras na sua rotina. O Ministério Público se orgulha muito do trabalho realizado cotidianamente por cada um de vocês”, disse a Procuradora-Geral de Justiça, Leda Mara Albuquerque, referindo-se aos dez Promotores qualificados para o prêmio, bem como aos demais membros do MPAM.

IMG_1002IMG_1009IMG_1040IMG_1068IMG_1070IMG_1082IMG_1085IMG_1094