TreinamentoA Controladoria-Geral do Estado (CGE) planeja um cronograma de auditorias e a elaboração de novos manuais de orientação aos órgãos sobre a atuação no controle interno, na esfera estadual. O plano de ação para 2020 tem foco na certificação de contas de todas as unidades gestoras do Amazonas, em atendimento às determinações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM).

O planejamento ocorre durante a Semana de Capacitação e Planejamento do Controle Interno da CGE 2020, que acontece até sexta-feira (14/02). O treinamento é realizado pela subcontroladoria-geral de controle interno, com o objetivo de apresentar um balanço dos trabalhos em 2019, traçar metas para os trabalhos em 2020 e ainda, orientar os assessores de controle interno quanto às etapas das ações, produtividade e prazos a serem cumpridos.

O controlador-geral do Estado, Otávio Gomes, explica que o trabalho do controle interno no âmbito estadual visa garantir a correta aplicação dos gastos públicos.

“A determinação do governador Wilson Lima e do vice-governador Carlos Almeida é que o Estado cumpra as exigências dos órgãos de contas. Simultaneamente, devemos disponibilizar mecanismos de transparência ao cidadão, de forma que a população tenha fácil acesso às informações públicas”, disse. “O foco dos trabalhos é a aplicação de códigos de ética, com o objetivo de garantir a melhor aplicação dos recursos públicos”, completou.

De acordo com a subcontroladora-geral de Controle Interno, Lúcia Magalhães, o ano de 2019 foi produtivo, com um resultado inédito da certificação das 119 unidades gestoras do Estado. Ela ressalta que a meta para 2020 é atingir pelo segundo ano consecutivo a certificação, junto ao TCE, de todas as unidades gestoras.

“Vamos planejar os trabalhos de maneira mais otimizada e cumprir as metas estabelecidas. Serão feitos relatórios para as 119 unidades gestoras, emissão de pareceres e certificado para todos. A função da CGE é verificar se as unidades estão cumprindo o que é determinado por lei”, explicou.